Prática finalista do Prêmio Innovare na categoria Ministério Público é de Porto Alegre

Por: Cabanellos Advocacia em 06 de 12 de 2018

O Instituto Innovare realizou, nesta manhã, no Supremo Tribunal Federal, em Brasília (DF),  a entrega das homenagens às práticas finalistas do Prêmio Innovare 2018, com a presença do Cabanellos Advocacia, por meio dos sócios Luiz Henrique Cabanellos Schuh, Marcelo Bertuol e Renato Belloli.

O escritório é um dos avaliadores desta premiação, sendo responsável pela etapa que envolve visitar e entrevistar práticas inscritas no Distrito Federal e nos estados do Rio Grande do Sul e Paraná. A partir das entrevistas, são desenvolvidos relatórios, submetidos a uma comissão julgadora formada por profissionais do mundo jurídico, acadêmico e empresarial.

Na edição 2018, a prática “Combate à exploração sexual infanto-juvenil — Abordagem individual e operações noturnas – Integração Ministério Público, Polícia Militar, Polícia Civil e rede de proteção”, de autoria das promotoras Denise Casanova e Inglacir Delavedova, de Porto Alegre (RS), recebeu homenagem como finalista pela categoria Ministério Público (Leia mais em Prática Homenageada).

Foto esquerda: Renato Belloli, Luiz Henrique Cabanellos Schuh e Marcelo Bertuol, sócios do escritório, na recepção aos finalistas.

Foto direita: Márcia Vitória Real, Assistente do Innovare; Ministro Ayres Brito, Presidente do Conselho do Innovare; Dr. Sérgio Renault, Presidente do Innovare; Pedro Freitas, Diretor; Raquel Khichfy, Secretária Executiva; Antônio Cláudio Ferreira Netto, Diretor; na recepção aos finalistas.

Prêmio Innovare

Criado em 2004, o Innovare vem se consolidando como a maior e mais importante premiação da área jurídica no país, com o objetivo de estimular e disseminar práticas que colaborem para aprimorar a Justiça brasileira.

A premiação é mantida pelo Instituto Innovare, uma associação sem fins lucrativos, com a parceria do Ministério da Justiça e Segurança Pública, da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), da Associação Nacional dos Membros do Ministério Público (CONAMP), da Associação Nacional dos Defensores Públicos (ANADEP), da Associação dos Juízes Federais do Brasil (AJUFE), do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), da Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR), da Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (ANAMATRA), com o apoio do Grupo Globo.

 

Em 2018, foram 654 práticas selecionadas em todos os estados brasileiros. Advocacia: 88; Defensoria Pública: 34; Ministério Público: 143; Juiz: 72; Tribunal: 88; Justiça e Cidadania: 229.

Prática Homenageada – Ministério Público – Porto Alegre

A prática prioriza o atendimento de crianças e adolescentes vítimas de exploração sexual, na rede de proteção, e combate o fornecimento e o uso de bebidas alcoólicas pelo público infanto-juvenil. O processo é possível graças a um trabalho conjunto de combate à exploração sexual e ao consumo de bebidas alcoólicas e drogas por crianças e adolescentes, através das realizações de diversas operações realizadas em casas noturnas de Porto Alegre.